14/12/2017      Métricas de Software

Ferramentas de métricas de software


Nas últimas décadas, o uso de ferramentas métricas de software tornou-se onipresente. Quase todos os sistemas de engenharia moderna incluem subsistemas de software significativos; Isso inclui sistemas nos setores de transporte, finanças, educação, saúde, jurídicos, militares e empresariais.

Além do aumento na utilidade, capacidade, custo e tamanho do software, houve um crescimento correspondente em métodos, modelos, ferramentas, métricas e padrões, que suportam a engenharia de software.

Usar ferramentas métricas de software é uma ideia inovadora e que facilita muito o dia a dia, permitindo que você tenha acesso de forma simples e rápida a todos seus esforços e saiba como resolver possíveis problemas que podem diminuir a otimização do processo.

Conheças excelentes ferramentas métricas de software

Algumas opções disponíveis no mercado são capazes de auxiliar você na hora de acompanhar seus projetos e mensurar seus resultados, sabendo pontualmente onde agir para otimizá-los e onde manter as boas práticas em funcionamento. Confira opções:

1-) GQM: O GQM, desenvolvido pelo Dr. Victor Bassili, define uma estrutura orientada a metas de cima para baixo para métricas de software. Ele aborda a medição de software usando um modelo de três níveis; conceitual, operacional e quantitativa.

No nível conceitual, os objetivos são definidos antes da coleta de métricas. De acordo com o GQM, as metas organizacionais são entendidas para moldar os objetivos do projeto. Os objetivos organizacionais podem ser definidos pela administração superior ou pelas partes interessadas da organização.

Para estabelecer metas do projeto, as sessões de brainstorming pela equipe do projeto podem ser usadas. No nível operacional, para cada objetivo, são estabelecidas as questões que, quando respondidas, indicarão se o objetivo foi alcançado.

Finalmente, no nível quantitativo, cada questão tem um conjunto de dados associados a ele que permitem que ele seja respondido de forma quantitativa.

2-) Gantt Project: é uma excelente ferramenta para métricas de software, que, inclusive, permite que relatórios PDF sejam gerados, bem como versões HTML e a opção de envio diretamente para a empresa a ser otimizada. Sua interface é simples e seu uso se mostra extremamente intuitivo.

O Gantt Project permite que as tarefas sejam divididas em árvores, sendo que cada uma delas é atribuída a um responsável. Essas árvores podem ser colocadas como dependentes umas das outras, tornando o processo mais dinâmico. Além disso, é possível criar calendários diferenciados. 

Essa ferramenta funciona perfeitamente para quem precisa definir e acompanhar um projeto que possa ser rodado em diferentes sistemas operacionais, facilitando que a gestão seja acessível e de simples manuseio.

3-) Metriccs: sendo uma ferramenta brasileira e responsiva, a Metriccs permite um acompanhamento de seus progressos contante, ajudando a gerir sua estratégia através de dashboards e gráficos.

Além disso, ela notifica por e-mail ou como você preferir o andamento de seus projetos e possui excelente integração com outras opções disponíveis no mercado, possibilitando que você leve consigo seus resultados para onde quiser.

Benefícios do uso de ferramentas métricas de software

As ferramentas métricas de software são uma excelente maneira de rastrear seu projeto e medir seu desempenho, fornecendo informações objetivas para ajudar gerentes de projeto:

 - As ferramentas métricas de software fornecem informações objetivas em toda a organização do software. Isso reduz a ambiguidade que muitas vezes envolve projetos de software complexos e restritos.

- Elas também ajudam os gerentes a identificar, priorizar, rastrear e comunicar os problemas do projeto em todos os níveis dentro da organização. As métricas podem descrever com precisão o status dos processos e produtos do projeto de software.

É fundamental representar objetivamente o progresso das atividades do projeto e a qualidade dos produtos de software associados ao longo do seu ciclo de vida. As métricas do projeto também facilitam uma estratégia de gerenciamento pró-ativa. Os possíveis problemas são identificados de forma objetiva como riscos a serem avaliados e gerenciados.

- Os problemas existentes podem ser melhor avaliados e priorizados. As ferramentas métricas de software promovem a descoberta precoce e a correção de problemas técnicos e de gerenciamento que podem ser mais difíceis ou onerosos de resolver mais tarde.

Por fim, as ferramentas métricas de software ajudam o profissional a avaliar os impactos das decisões de forma objetiva e a obter compromissos informados para melhor atender aos objetivos do projeto e otimizar o desempenho do software e do produto.

 

Comentários