17/05/2019      Métricas de Software

Métricas Ágeis para times de Marketing


As métricas ágeis surgiram no mundo do desenvolvimento de software. Mas nada impede que as técnicas e metodologias dessa cultura da cultura do desenvolvimento otimizado contribuam para a organização e eficiência do trabalho em outras áreas.

Neste artigo, falaremos um pouco de como as métricas ágeis podem contribuir para times de marketing não apenas produzirem mais rápido, mas especialmente com mais qualidade.

 

Porque utilizar métricas ágeis no marketing digital?

 

O mundo do marketing contemporâneo foi inundado por novas demandas condizentes com a era digital em que vivemos.

Os clientes exigem mais do que nunca, querem que peças e campanhas de marketing sejam feitas rapidamente, aproveitando o timing fluido da internet e esperam grandes resultados na conversão e prospecção de leads.

No entanto, esse ritmo acelerado de produção não significa necessariamente mais qualidade no produto, mas muitas vezes que o volume de produção começou a substituir o valor real dos produtos do marketing.

Adotar metodologias ágeis no marketing pode contribuir para a otimização desse processo, com campanhas de qualidade, mais enxutas, testadas e com um índice mais alto de conversão e prospecção de leads.

 

Preparando o time para métricas ágeis

 

Utilizar métricas no marketing implica mudar a mentalidade do seu time para o marketing ágil. Seja SCRUM ou KANBAN, a ideia é criar uma forma ágil e otimizada de pensar o trabalho. Veja alguns passos para esse processo:

-Lembre-se que não adianta uma campanha de marketing receber muita atenção, likes e cliques, caso o número conversões de leads não acompanhe esse número. A mentalidade da equipe deve ser trabalhada para focar em qualidade ao invés de quantidade.

-O trabalho deve ser documentado e não perdido em pilhas de emails.

-Utilizar as métricas como indicadores e não como resultados.

 

Algumas métricas ágeis para times de marketing

 

WIP - A cultura multitarefa é uma grande inimiga do trabalho bem feito e de resultados. WIP é um sistema que limita o número de tarefas feitas ao mesmo tempo por determinada equipe. Assim se o limite da equipe for, por exemplo, 4 projetos simultâneos, um quinto projeto só poderá ser aceito quando outro estiver concluído.

Burndown - Enquanto uma métrica como velocidade só terá bons resultados no final de um processo completo, a métrica Burndown oferece dados diários a respeito da eficácia do time. Na primeira interação o time se compromete a realizar um volume de trabalho pré-determinado em relação ao trabalho total. Na segunda interação, o trabalho já realizado será “queimado” da tabela, restando somente o trabalho a ser feito. O sistema continua até o final, demonstrando a velocidade diária do time para realizar as tarefas.

Cycle Time - O Cycle time é o tempo necessário para que o time complete uma tarefa do início ao fim. A comparação entre as medidas do cycle time de várias iterações pode gerar insights a respeito do que pode melhorar no time.

Felicidade do time - Essa métrica é diferente das anteriores mas não menos importante. TImes com alto índice de felicidade produzem conteúdo de mais qualidade e trabalham melhor, no geral. A medição aqui é mais simples, basta pedir para que os membros do time deem notas para o seu grau de felicidade no trabalho.

Ficou alguma dúvida ou deseja complementar o conhecimento a respeito de métricas ágeis? Comente abaixo ou entre em contato com a Metriccs! Estamos interessados em resolver suas questões.

Comentários